A mão que balança o berço é a mão que governa o mundo

 


<